Eu tenho uma bola de cabelo que mora dentro do meu estômago. Na maior parte do tempo esqueço que ela vive ali, ela dorme e eu consigo viver normalmente: semana retrasada cortei o dedo ao cozinhar, alguns dias antes consegui correr doze quilômetros em uma hora na esteira, tenho trabalhado…


arrendamento, ilusão, soberba e sofrência

Amanhã vou ver meu apartamento novo e isso pra mim talvez seja uma das coisas mais excitantes que vão acontecer esse ano. Eu não aguento mais morar nessa casa onde moro.
Me mudei para Lisboa no começo do ano passado, fui ficar provisoriamente na casa…


Apaguei minhas redes sociais.
Eu já vivi um bom tempo sem redes sociais. Foi em 2011,quando voltei pro Brasil pra me tratar. A minha saída do CSS (zzzzzz) foi aquela coisa horrorosa que quase todo mundo sabe e me fez apagar tudo: twitter (com quase dez mil seguidores), facebook (tinha atingido…


I have a hair ball that lives inside my stomach. Most of the time I forget that it’s there, it sleeps and I can live normally: last week I cut my finger while cooking; a few days before I managed to run seven and a half miles in an hour…


Obrigado a todos que leram meu texto a respeito dessa história. Na medida do possível estou bem, essa história de quarentena é muito chata.
Eu sabia que ao escrever sobre isso eu abriria a fossa sanitária de anos de abuso e o conteúdo da mesma explodiria em cima de mim…


[Long story short: on the 11/11/11 I “left” my old band CSS. In the begining of 2011 I found out I was sick and I needed treatment. When it was impossible to postpone going back to Brazil to get treated, I left the year long tour I was doing and…


Publicado originalmente em 29/fevereiro/2012

Fiquei cego por quase um ano sem dinheiro para pagar a cirurgia depois que saí da banda e não me pagaram o que me deviam.

[Long story short: dia 11/11/11 eu “saí” da CSS. No início de 2011 descobri que estava doente e protelei minha ida ao Brasil por motivos de me encontrar numa turnê muito grande. Quando não havia mais hipótese de eu continuar tocando, fui pra SP me tratar…


Publicado originalmente em 12/março/2012

MInha mãe e eu em 2003 alguns meses antes dela morrer.

2003 foi um ano ruim.
A doença da minha mãe foi a grande protagonista do ano, consumindo-a lentamente até dar cabo de sua vida no dia primeiro de agosto. Me lembro do dia quando tudo começou, eu estava no estacionamento do WalMart no carro da Dora com…


Eu dirigindo pela Raposo Tavares voltando pra casa um domingo à noite em 2003.

Publicado originalmente em 13/setembro/2011

Terça-feira, Abril 08, 2003

Imagine acordar e ficar feliz de ir ao banco pagar contas. Uau! Fui buscar um cheque que voltou no Drogão. Emocionante, a mulher não encontrava o envelope com meu cheque, ainda por cima tive que pagar quinze reais de “taxas de devolução”…


Publicado originalmente em 27/maio/2011

Anteontem fiz uma arrumação nervosa aqui em casa e fui abrir espaço na estante para por uns livros novos. Achei um caderninho verde que eu não via faz tempo e quando eu vi estava deitado na cama há mais de uma hora relendo meus relatos do…

Adriano Cintra

Nasci em 21 de maio de 74. Faço música desde que comecei a tocar piano com oito anos. Já tive algumas bandas, alguns empregos, alguns namorados e alguns blogs.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store